domingo, 31 de maio de 2015

Sobre a palestra "Patrimônio e Fotografia"





A coordenação do fotoclube agradece ao público que compareceu e interagiu de forma construtiva com os temas abordados na palestra “Patrimônio e Fotografia: o papel da fotografia nas políticas públicas culturais”, proferida pela socióloga Karina Nymara, evento que rolou na tarde de sábado, 30 de maio.
Temos convicção de que saímos todos desse encontro, com uma visão um pouco mais abrangente do papel da fotografia no contexto de preservação dos documentários fotográficos ao longo do tempo. E, enquanto fotógrafos, nos sentindo responsáveis, por essa construção da história acontecendo a cada dia.
Karina Nymara salientou o papel do IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, nesse contexto de preservação dos acervos fotográficos históricos e nos abriu caminhos para que, como cidadãos, possamos apresentar temas documentados, que julgamos ter valor no contexto histórico social, cultural ou político, entre outros, e que merece fazer parte do acervo do Instituto.



Outro assunto que, de certa forma, surpreendeu o público, foi a exibição, em um recorte de vídeo, do trabalho de um dos maiores fotopintores do Brasil, o Mestre Júlio, um artista cearense bastante respeitado na área da fotografia, com o qual, a socióloga teve o privilégio de trocar experiências.






Agradecimentos a nossa equipe de apoio, à parceria da  Biblioteca Pública Elcy Lacerda, ao Espaço Caos – Arte e Cultura e à ministrante, socióloga Karina Nymara.

Aos amantes da fotografia, informamos que no próximo mês teremos um outro encontro. Fiquem atentos ao blog e à página dos Fotógrafos Anônimos.

Abraços!

Texto: Mary Paes
Fotografias: Aline Pacheco

Contato: 

Fotoclubeap@gmail.com
Facebook: Fotógrafos Anônimos


sábado, 26 de julho de 2014

Olhares-imagens, encontros-histórias sobre arqueologia


 A busca de aprendizado arqueológico e o exercício fotográfico foram os interesses iniciais que motivaram os participantes da Excursão Fotográfica ao Acervo Arqueológico do IEPA a deslocarem-se da sua casa até o Museu Sacaca na tarde calorosa deste sábado, 26 de julho.
O grupo formado por pessoas com níveis variados de interesse e intimidade com a prática fotográfica investiu uma tarde inteira na escuta, observação e captura de imagens que traduzissem um pouco das histórias materiais que emanam dos artefatos arqueológicos presentes no Núcleo de Pesquisas do IEPA.


Foto: Aline Pacheco
No primeiro momento, o encontro contou com a participação do fotógrafo amapaense e fotoclubista dos F.A's, Maksuel Martins, que orientou o grupo com dicas importantes de fotografia. Balanço de branco, alteração no ISO, o cuidado e atenção com os reflexos da luz nos  vidros expositores,  dicas de como melhor aproveitar e utilizar a luz, foram alguns dos pontos abordados por Maksuel, que ao final arrematou sua fala sublinhando a relevância do "experimental" e do toque de pessoalidade de cada um no ato fotográfico.
Em seguida, sob a orientação e fala de Mara Rosa, arqueóloga do IEPA e mediadora da visita, os participantes puderam conhecer o trabalho desenvolvido pelo Núcleo, observar as peças, escutar histórias sobre a captura delas e sobre as civilizaçãoes que as produziram. Após a delicada atenção e informações recebidas de Mara Rosa, esclarecimento de dúvidas e curiosidades, o grupo passou então ao momento mágico de descrição e interpretação das histórias ouvidas, através da captura fotográfica.
Aí iniciava o momento de integração real entre o grupo que interagiu ricamente entre um click e outro trocando dicas, orientações técnicas de manuseio das máquinas, iluminação, enquadramento, etc.  O grande barato de se exercitar a prática fotográfica coletiva é o auxílio e intercâmbio que acaba brotando naturalmente entre os envolvidos na ação.

Mara Rosa, clicada por Edinei Campos
Para alternar as nuances de luz das fotos e proporcionar efeitos estéticos variados, foram projetados outros tipos de iluminação no local, Edinei Campos, fotógrafo de tradição local e proprietário do Foto Imagem, levou tripés e fundo preto para ajudar no controle do reflexo da luz, o que contribuiu muito para os efeitos visuais adquiridos nas fotos, assim como os refletores cedidos pelo Foto Nunes.



Foto: Suanne Souza





Foto: Carla Dutra










Foto: Edinei Campos
Foto: Aline Pacheco
Na finalização da tarde os fotógrafos exercitaram click's à luz de velas, o que ressaltou o aspecto tenro e a força mágica que sobressai dos objetos arqueológicos. Confira algumas das belíssimas fotos produzidas pelos participantes:
 
Foto: Aline Pacheco
Foto: Edinei Campos
Foto:Carla Cambraia
Foto: Gilberto Araujo









  



Foto: Carla Dutra

Foto: Ana Martins

Foto: Suanne Souza

Foto: Rafael Verçosa











Por: Aline Pacheco





















sábado, 19 de abril de 2014

Macapá receberá workshop de direção fotográfica

No dia 1º de junho, a fotógrafa, mochileira e blogueira, Claudia Regina, chega em Macapá para compartilhar seus conhecimentos e experiências na área de direção fotográfica.
A autora do conceituado blogDicas de fotografia” ministrará na capital o workshop prático “Direção Afetiva”, que está circulando as capitais de todo o país. O workshop que será realizado no Espaço Caos de Cultura e Arte, com o apoio do Fotoclube  Fotógrafos Anônimos, é direcionado à fotógrafos profissionais, iniciantes e curiosos da área.

Segundo Claudia Regina os participantes da capacitação aprenderão formas de conciliar técnica, foco, fotometria e composição sem deixar a direção fotográfica de lado, além de buscarem romper os paradigmas de fotogenia, padrão de beleza e poses conceituadas. “A direção afetiva é o nome que dei para um conjunto de conceitos que tento aplicar nos meus ensaios fotográficos com gente como a gente e não modelos profissionais”. O workshop, portanto, é um boa opção de aprimoramento para quem trabalha ou pretende trabalhar em estúdios ou com fotografia social.

Os interessados devem se inscrever até o final do mês de abril pelo link: http://workshops.claudiaregina.com/direcaoafetiva/01jun-macapa-tarde-ffa, o investimento é de R$ 80,00. São apenas 15 vagas.

Maiores Informações:
Email: fotografosanonimoss@gmail.com

Facebook: Fotógrafos Anônimos
(96) 81002458/91657289

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

5º Colóquio Amapaense de Fotografia mobiliza segmento no Estado

A fotografia amapaense vem se aprimorando, qualificando e se diversificando. Há uma nova geração de fotógrafos que interage bem com as gerações mais antigas. Um sintoma positivo dessa efervescência da cena fotográfica do Estado é o 5º Colóquio Amapaense de Fotografia, evento realizado anualmente desde 2009, que vem se consolidando como o principal evento da área no Estado.

Mantendo seu perfil diversificado, o 5º Colóquio Amapaense de Fotografia (Macapá, de 23 a 28 de setembro) aglutinará todos os púbicos, acolhendo desde pessoas que começam a despertar interesse pela fotografia até as que procuram espaço para discussões e capacitações de cunho mais aprofundado na área.

A semana de programação do evento terá início com a realização de uma excursão fotográfica pelo Igarapé do Lago, a 87 km da capital Macapá,localidade composta,em sua maioria, por descendentes de escravos, e segue recheada de atividades diversas: mesas de debate, cursos, palestras, mostras de portfólio, vivências fotográficas, exposições e exibição de filmes. Dessa forma, o evento busca ampliar a compreensão e as possibilidades de uso e expressão fotográfica.Além desses momentos, o evento proporcionará momentos de lazer cultural nos quais a fotografia irá dialogar com outras manifestações artísticas, como música, poesia e intervenções poéticas.

Em ação de intercâmbio produtivo e formativo, o 5ºColóquio Amapaense de Fotografia contará com a participação de Mestre Júlio, um dos fotógrafos brasileiros referência no processo de Fotopintura, e Alexandre Sequeira, artista conceituado no uso experimental da fotografia, que tem como um de seus trabalhos mais conhecidos a série “Nazaré de Mocajuba”. Alexandre Sequeira e Mestre Júlio estarão presentes no colóquio para apresentar seus processos artísticos e ministrar cursos nas suas especialidades, cujas inscrições já estão abertas no Sesc Araxá em horário em comercial. O evento também tem ações direcionadas ao público iniciante: o fotógrafo paraense Edinei Camposirá ministrar um curso básico de fotografia, no qual os participantes poderão ampliar sua compreensão dos processos básicos envolvidos no ato fotográfico.

O público interessadopode obter mais informações no blog www.fotoclube.blogspot.com, no mesmo endereço no qual as inscrições poderão ser feitas.

Serviço:
O 5º Colóquio Amapaense de Fotografia é realizado pelo Fotoclube Fotógrafos Anônimos, clube amapaense de fotografia com quase dois anos de atuação, e pelo Serviço Social do Comércio no Amapá-Sesc/AP.

Período: 23 a 28 de setembro de 2013

Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda


Programação:
- Curso básico de fotografia
- Oficina com Alexandre Sequeira (PA) - Inscrições presenciais no Sesc-AP
- Oficina com Mestre Júlio (CE) - Inscrições presenciaisno Sesc-AP
- Vivência fotográfica
- Exibição de filmes
- Debates e palestras

-Excursão fotográfica - Inscrição presencial no MIS-AP, 2º piso do Teatro das Bacabeiras.
- Oficina de portfólio (inscrições encerradas).

Mais informações: 8122-6410 – 8115-3510
Agendamento de entrevistas: 8128-5712 (Tim)– 917904950 (Vivo)